Blog

Blog

Instituto Mãe: Ocitocina – Hormônio do amor na gestação. Quais benefícios para a gestante e bebê?o

04 de março de 2018 |
Instituto Mãe

Instituto Mãe: Ocitocina – Hormônio do amor na gestação.

Por: Janaina Prates, @janainapratesassessoria

Quais benefícios para a gestante e bebê?

Instituto Mãe: A ocitocina é um hormônio produzido pelo organismo em momentos de alegria e bem estar. E durante a gestação proporciona vários benefícios para mãe e bebê.

Durante a gestação a mulher passa por diversas transformações físicas e emocionais. As alterações causadas durante as transformações da gestação geram de alguma forma estresse para o corpo e mente. E uma das formas de amenizar o estresse e os hormônios associados a ele, como o cortisol, é elevando a dopamina e a ocitocina. A ocitocina auxilia na diminuição de dores, tem propriedades curativas, melhora sono e disposição, melhora a libido, ajuda na estabilidade de humor e sem contar no auxílio de prevenções de doenças cardiovasculares causadas pelo excesso do cortisol. A ocitocina na gravidez ajuda o corpo se preparar para o parto e para a amamentação, já que é um hormônio responsável pela ejeção do leite, por isso, quanto mais tranquila a mãe estiver, aumenta a ocitocina, melhora a produção e ejeção do leite materno. Uauuuu!

E para o bebê ainda na barriga quais os benefícios??? Todos rs! O bebê que recebe altas doses de amor, ops! ocitocina, tem melhor desempenho cerebral, melhor funcionamento dos órgãos, é um bebê com maior imunidade, possivelmente mais tranquilo, Após o nascimento, com o bebê e a mãe repletos de ocitocina, o vínculo é mais facilmente criado. O risco de babyblues e depressão pós parto diminuem.

A produção desse hormônio se dá nas relações sexuais, abraços, conversa afetiva, mas principalmente durante a gestação, podem receber uma ajudinha extra. Hoje existem atividades somente para esse público. A massagem materna terapêutica, Yoga para gestantes, dança materna, grupo de mães.

Observar e saber mais sobre nosso próprio corpo é demais! Saber que somos capazes de nos curar é divino! Às gestantes, procurem e se informem. E viva essa experiência de forma mais prazerosa.

Janaina Prates

 

 

 

 

Categorias:
Coisas de mãe