Atendimento (11) 9.4369-1112 contato@institutomae.com
Blog

Blog

Instituto Mãe: O dia em que tudo mudou! Por Léo Veloso

11 de agosto de 2017 |
Instituto Mãe

por Leonardo Veloso @blogdepaiprapais – www.depaiprapais.com.br

Dia dos Pais

Instituto Mãe: O dia em que tudo mudou!

A noite anterior já havia sido difícil, muito ansiedade e expectativa para um dos dias mais importantes da minha vida.

Por volta das 06 horas da manhã já estava de pé me organizando para que fossemos a maternidade.
O parto estava marcado para às 07h15 horas e sabíamos que tudo estava caminhando bem até aquele momento e assim continuaria até a chegada do meu primeiro filho.

No caminho até a maternidade pude relembrar os livros que li sobre os primeiros meses de um recém-nascido, sim o estudo sobre a paternidade já havia começado 09 meses antes com os livros sobre gestação e gravidez.

Enfim, ao chegar a maternidade já estávamos bem ansiosos e aquele foco nos procedimentos sempre te ajuda a ficar mais tenso ainda. Ninguém vem para te acalmar ou dizer uma palavra amiga, é simplesmente venha por aqui, vai por ali, põem essa roupa que já vai começar. É um negócio que se você vacilar o seu filho nasce e você está no vestiário trocando de roupa.
Já tinha feito um curso de recém-nascidos então sabia do processo e estava ciente de tudo, mas parece que a transformação já vai acontecendo ali mesmo, no momento em que deixa de ser só você para ser o pai de outra pessoa.

Por mais que você tenha todo carinho por sua mãe, sua esposa, marido, irmãos, amigos, enfim, um filho é sua responsabilidade de criar, ensinar, brincar, de viver com ele.
Apesar de todas as leituras, palestras e cursos, esse momento foi inesquecível porque me transformou de forma permanente possibilitando ver outro mundo de emoções e sentimentos.
E isso não quer dizer que seja tudo mágico ou maravilhoso em todos os sentidos, como um filme no cinema. Pelo contrário, uma rotina totalmente nova e uma angústia nos primeiros dias para que tudo desse certo.

Um acompanhamento constante da rotina do bebê, assim como um suporte de tudo que mãe dele precisava para se manter forte e segura. Se eu fosse dar uma única sugestão para os Pais nesses primeiros meses seria: dê o suporte emocional para a mãe do seu filho.

Prepare-se para isso e aja como se você fosse a única pessoa do mundo que ela pudesse contar para qualquer coisa. E a preparação para esse momento deve ser realizada durante todos os 09 meses de gestação.
Resolvam pendências, alinhem expectativas, planejem os primeiros dias. Façam tudo que seja possível para que nesse período possam ter o foco exclusivamente no bebê e na mãe.

Aqui estou falando do pai que participa ativamente de todas as atividades desde o nascimento até as tradicionais trocas de fraldas, banhos e mamadas noturnas. Isso para que possa ter uma maior interação com a criança, trocar mais energia e passar segurança para o bebê também quando estiver na sua companhia.
Num primeiro momento pode parecer estranho, mas ao realizar essas atividades você vai perceber uma troca de amor e carinho que tenho certeza que será diferente de tudo que você já viu ou sentiu.
Permita-se explorar ao máximo esses sentimentos e emoções do nascimento do seu filho e tenha momentos únicos na sua vida.

Esses momentos acabam por ocorrer em diversas outras situações em várias fases da vida, e o nascimento é só o começo para a construção de experiências novas no seu pai e ser humano.
Então foi assim que no dia 13 de maio de 2011 tudo mudou e descobri um novo amor, por mim e pelo filho.

 

Até o próximo post

Léo.

Categorias:
Coisas de pai